Foto: Divulgação

O aplicativo Sigepe Mobile, sistema de gestão de servidores ativos e inativos do Governo Federal desenvolvido pelo Serpro, agora também poderá ser utilizado para envio de atestados médicos de forma prática, ágil e sem necessidade de deslocamento. A nova funcionalidade foi lançada nesta segunda-feira (21) e irá beneficiar, neste primeiro momento, mais de 21 mil servidores das unidades de saúde do Ministério da Saúde em Brasília, da Universidade de Brasília (UnB) e do Instituto Federal de São Paulo (IFSP). Em breve, a novidade também estará disponível para os demais servidores públicos federais.

De acordo com o Ministério da Economia, em 2019, houve 361,5 mil afastamentos para tratamento de saúde de mais de 135,9 mil agentes públicos. Com a nova funcionalidade, a estimativa de economia indireta à União é de aproximadamente R$ 27 milhões por ano. “Para o servidor público, a solução representa uma grande facilidade e economia, pois ele não precisará se deslocar até a unidade de saúde para entrega do atestado médico. Além disso, temos outro benefício associado que é a otimização da força de trabalho nas Unidades de Saúde, considerando os atestados que serão aceitos automaticamente e que não dependerão de intervenção manual para receber, digitalizar e cadastrar o atestado no sistema”, destacou o gerente do domínio de Gestão e Desempenho de Pessoal do Serpro, Leon Wlasenko.

 O chefe de divisão da Superintendência de Digitalização de Governo do Serpro, Rivaldo Zambianco, destaca outros benefícios da nova funcionalidade. “Além de economia, a nova solução traz segurança para as unidades de saúde que recebem, além dos dados revisados pelo servidor, a imagem do atestado e os textos originais reconhecidos pelo IBM Watson. Utilizamos inteligência ao processo de negócio das unidades de saúde. Combinamos nossas soluções WEB e Mobile com as tecnologias de OCR (Tesseract) e reconhecimento de textos (IBM Watson) para agregar um valor diferenciado à solução. Assim, todo o processo pode ser auditado e, ao longo do tempo, pode gerar insumos para a melhoria contínua da solução”.

 Por meio do Sigepe Mobile será realizada a análise do atestado médico e o registro pelas unidades do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (Siass). O servidor também poderá consultar no aplicativo todos os atestados enviados, bem como a evolução da situação até os registros nos demais sistemas de administração de pessoas.

A funcionalidade

Para o usuário enviar o atestado médico, basta abrir o aplicativo Sigepe, clicar em Minha Saúde, então em Atestado e depois em Incluir. O próximo e último passo é tirar uma foto do atestado médico ou fazer upload da imagem, se ela já estiver no celular. Caso o usuário não precise editar nem uma informação do atestado, este é, então, recepcionado e aceito pela Unidade de Saúde de forma automática. Se o usuário perceber que alguma informação precisa ser ajustada ou complementada, ele tem a opção de editar a informação neste mesmo momento e, utilizando o próprio aplicativo, submeter para a análise da sua respectiva Unidade de Saúde, que analisará se o conteúdo informado pelo usuário está correto e aceitar o atestado.