IMG_5945 Cotidiano
Foto: Comunicação Prefeitura

O início das obras de construção do novo terminal de Messejana foi autorizado nesta quarta-feira (27), pela Prefeitura de Fortaleza. A primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, participou da assinatura da ordem de serviço, ao lado do secretário de Infraestrutura, Samuel Dias e do secretario da Regional
VI, Renato Lima.

 O equipamento quando pronto será duplicado, com novas plataformas e uma grande praça de acesso arborizada, o novo terminal de Messejana estará apto a atender, com muito mais conforto e qualidade os passageiros.

As obras terão duração de aproximadamente 12 meses e não irão comprometer o funcionamento do equipamento, que continuará atendendo às 57 linhas que utilizam o terminal em todas as etapas da intervenção. A primeira-dama Carol Bezerra ressaltou que os outros seis terminais já passaram por intervenções, sendo que o Terminal do Antônio Bezerra foi completamente reconstruído. “Isso é inclusão social, é a Prefeitura garantindo mais qualidade de vida para as pessoas, já que a grande maioria da população utiliza o transporte público”, afirmou Carol Bezerra.

As reformas já foram realizadas nos terminais da Parangaba, da Lagoa, do Papicu, do Conjunto Ceará, do Siqueira e Antônio Bezerra.

Os terminais contam com uma melhor infraestrutura, de telhado, piso, novos banheiros, novas catracas, serviços de limpeza, reforço na sinalização, novas faixas de pedestre, além de internet wifi gratuita, postos fixos da Guarda Municipal, monitores eletrônicos com os horários de chegada e de saída dos ônibus, além de bicicletários público e estações de bicicleta compartilhada. Os terminais receberam ainda um projeto de compartilhamento de livros, chamado de Terminal Literário, que conta com estantes de livros abertas ao público e onde o cidadão poderá escolher exemplares de seu interesse, levar para casa e devolvê-los após o término da leitura.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Samuel Dias, as vias internas do terminal também passarão por adequações viárias, com a implantação de pavimento rígido em concreto, muito mais resistente ao intenso fluxo de veículos, além de garantir a longevidade da pista e diminuir a incidência de buracos. “São mais de 130 mil pessoas que circulam por dia aqui e teremos um equipamento muito mais moderno e confortável para atender a essa demanda”, afirmou. Além do novo terminal, a praça que fica ao lado será completamente reformada, sendo mais uma opção de lazer para a população do bairro.

Confira vídeo: