70282003-torneira Cotidiano
Foto: Divulgação

O racionamento de água na Grande Fortaleza deve começar a partir de fevereiro. A informação foi dada nesta quinta-feira (9) pelo secretário estadual dos Recursos Hídricos do Ceará, Francisco Teixeira. Ele deixou claro que o setor já vive uma espécie de racionamento, porque há controle a partir da pressão da água.

Francisco Teixeira. que falou sobre a situação hídrica do Estado nesta quinta-feira, durante sessão na Câmara Municipal de Fortaleza, disse que o racionamento deve ter suas regras divulgadas em janeiro próximo.

Essa medida é consequência da falta de colaboração dos consumidores que não estão poupando. De 10% de economia do sistema, subiu para 20%, mas não houve redução, aponta a direção da Cagece.

O racionamento virá em consequência não só da seca, que deixou os reservatórios do Estado com menos de 7% de sua capacidade, mas também por causa do atraso nas obras do Eixo Norte do projeto de Transposição das Águas do Rio São Francisco. A obra parou quando faltava menos de 10% para sua conclusão.

O edital para a retomada das obras do São Francisco deve ser publicado até esta sexta-feira, segundo informação do Ministério da Integração Nacional. Não virá com apoio do Exército, como queria o governador Camilo Santana (PT), e nada de dispensa de licitação. O MIN escolheu o Regime Diferenciado de Contratação (RDC), usado quando dos projetos da Copa 2014. Seria recomendação do Tribunal de Contas da União.

Fonte: O Povo