IMG-20160307-WA0004 Cotidiano A Praça da Alvorada, no bairro Sapiranga, vai receber modificações simples a partir da próxima semana. O Coletivo A-BRAÇO, junto com alunos da Universidade de Fortaleza (Unifor), vai promover intervenções de curto prazo e baixo custo no local. Tudo com a participação dos moradores da comunidade.
O coletivo existe desde o final do ano de 2015 e foi criado a partir de uma inquietação sobre a situação atual dos equipamentos públicos da cidade. O intuito das estudantes de Arquitetura e Urbanismo – Alana Aragão e Mariana Oliveira – e dos três profissionais da área – José Otávio, Juliana Queiroz e Raquel Morano – é executar melhorias nos espaços sem esperar pelo poder público. Além disso, o grupo pretende criar um senso de pertencimento dos moradores pelo local, já que eles participam do projeto desde o seu planejamento até a execução.

A Praça da Alvorada é a primeira a receber as atividades do Coletivo. Ela foi escolhida, principalmente, por se tratar de um local muito utilizado pelos moradores. A vontade de realizar melhorias no espaço por parte da comunidade foi outro fator que motivou a escolha. “Você vê que as pessoas querem cuidar daqui”, comenta Alana Aragão, estudante e uma das integrantes do Coletivo.

Segundo o líder comunitário da Sapiranga, Wander Alencar, há mais de um ano a comunidade espera a reforma da quadra de esportes da praça e a escolha do equipamento para as atividades do projeto animou os moradores. “Foi uma coisa que caiu do céu, não estávamos nem esperando. A praça é bastante movimentada, mas carente de coisas simples como bancos, lixeiras e pintura”, conta Wander.

Para a moradora Maria Gomes, que vive na Sapiranga há 28 anos, o projeto é importante porque a melhoria do espaço aumenta a utilização da praça pela comunidade. “Quanto mais coisas puderem ser feitas aqui, mais vamos acolher e utilizar a praça. Espero que se propague pela cidade porque atitudes assim é o que a gente quer.”, declara.

Esta primeira ação do Coletivo faz parte da III Seminário Graduação, Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Unifor. Por isso, o projeto vai contar com a participação dos alunos do curso, que estarão na praça no dia 11 de março, sexta-feira, executando as propostas elaboradas por eles com a participação dos moradores. As ações podem envolver desde pintura até arborização. Na manhã de sábado (12), uma confraternização de encerramento será realizada no local.

Os integrantes do Coletivo A-BRAÇO esperam poder levar o projeto para outros espaços públicos de Fortaleza. “Apesar de a gente não ser a prefeitura, queremos fazer ações que independem deles e com ajuda das pessoas. Pequenas intervenções também são importantes para a cidade.”, explica o arquiteto  e integrante José Otávio.

(Matéria publicada em 7 de março de 2016 – Reportagem Gabriela Neres)