image-1-2 Cotidiano
Foto: Divulgação

Desde a terça-feira (13) até a próxima quinta-feira (15), a passarela da Avenida Antônio Sales estará com iluminação especial na cor laranja. A iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, em parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é uma alusão à campanha de prevenção ao câncer de pele, também conhecida como “Dezembro Laranja”.

“Queremos que a população tenha consciência da importância do uso de protetor solar para evitar problemas de pele, por isso a Prefeitura aderiu à campanha”, explica o coordenador de iluminação pública, Alfredo Serejo.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 63% dos brasileiros não usam protetor solar. O câncer de pele não melanoma é o que mais incide na população e também é o de menor taxa de mortalidade, correspondendo a 30% de todos os tumores malignos registrados no país.

176 mil novos casos

Dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) estimam que, em 2016, serão contabilizados cerca de 176 mil novos casos de câncer da pele não melanoma no Brasil. Os principais tipos que ocorrerão no país serão, por ordem de incidência, os de pele não melanoma (para ambos os sexos), o de próstata e o de mama.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que, no ano 2030, teremos 27 milhões de casos novos de câncer, 17 milhões de mortes pela doença e 75 milhões de pessoas vivendo com câncer. O maior efeito desse aumento incidirá em países em desenvolvimento. No Brasil, o câncer já é a segunda causa de morte por doenças, atrás apenas das do aparelho circulatório.