Sem-título Cotidiano
Foto: Natinho Rodrigues

Os condutores de veículos e motos que trafegam nos bairros Cocó, Papicu e Aldeota, em Fortaleza, devem ficar atentos às novas rotas de tráfego criadas com a liberação do túnel da Av. Padre Antônio Tomás sob a Via Expressa. O equipamento, entregue ontem pelo prefeito Roberto Cláudio, receberá o nome do ex-prefeito da Capital, Dr. Juraci Vieira de Magalhães.

De acordo com o gerente de operações da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), Disraeli Brasil, os motoristas que quiserem tomar como destino a Avenida Engenheiro Santana Júnior precisam passar por cima do túnel, pegar a Via Expressa e entrar à direita na Rua Bento Albuquerque, no Cocó, dando acesso por dentro do túnel.

Ainda segundo o gerente, quem acessa a Avenida Padre Antônio Tomás, em direção ao Cocó, agora deve ir por dentro do túnel. Caso o condutor queira acessar a Via Expressa é necessário entrar duas quadras antes na Rua Coronel Jucá, seguir a direita e, em seguida, a esquerda na Avenida Antônio Sales.

O equipamento teve investimento orçado em R$ 17 milhões, financiados pela Caixa Econômica Federal. O novo túnel possui 240 metros de extensão e 18,5 metros de largura, com quatro faixas para tráfego, sendo duas em cada sentido. As intervenções para a construção do equipamento, iniciadas em junho de 2015. De acordo com Arcelino Lima, superintendente da AMC, com a entrega do novo equipamento, a Av. Almirante Henrique Sabóia (parte superior do túnel), volta a operar na sua configuração normal, desfazendo assim todos os desvios de tráfego implantados no local.

Mobilidade

De acordo com as informações do gestor de trânsito, as intervenções no tráfego permitiram a retirada dos semáforos existentes na avenida, possibilitando cerca de 7 Km de acesso expresso, desde a Av. Alberto Sá até a Av. Raul Barbosa. As mudanças de tráfego para implantação do túnel na Avenida Padre Antônio Tomás fazem parte das obras de mobilidade do corredor expresso de ônibus ligando os bairros Parangaba/Papicu.

Fonte: Diário do Nordeste