IMG_0691-1024x768 Cotidiano
Moradores do Conjunto Palmeiras II ( Foto: Nathan Santos)

As péssimas condições do asfalto em várias ruas do Conjunto Palmeiras II, têm gerado muitos transtornos aos moradores, que cobram da Prefeitura de Fortaleza serviços de pavimentação no bairro.

A população questiona que algumas das principais ruas não entraram no pacote de revitalizações propostas pela Prefeitura, vias como: Rua São Luiz, Maguary, Babaçu, São Francisco, José dos Reis e Missionário Silva, estão em situação de completo abandono, assim relata Valdenia de Sousa “Não entendemos o motivo dessas ruas não fazerem parte do pacote de revitalização. Apenas duas ruas do Conjunto Palmeiras II entraram na lista: Rua Saquarema e Alvaré, os próprios responsáveis pela obra, disseram que essas ruas que está dentro do Conjunto Palmeiras II, foi errada, precisamos de uma resposta”.

Grande parte destas ruas não apresenta sequer estrutura de esgotamento sanitário, fazendo com que os moradores fiquem expostos a resíduos, potencializando os riscos de contaminação e doenças. A moradora Elisângela Almeida relata as dificuldades “Somos muito mal assistidos, não temos posto de saúde, pracinha, ônibus não passa, pois as ruas não são asfaltadas, quando chove o canal transborda invadindo as casas, alagando tudo”, comenta.

Em busca de solução, o líder comunitário Robson Leite, solicita do poder público, obras de melhorias na localidade, cobrando maior atenção para a comunidade “Queremos saber do prefeito a real veracidade dos fatos, essas ruas serão feitas ou não? Vamos lutar pelos direitos dos moradores, precisamos de uma explicação, queremos as ruas do Conjunto Palmeiras II revitalizadas”, comenta.

IMG_0727-e1465999331892 Cotidiano
Foto: Nathan Santos

No final do mês de maio a Prefeitura de Fortaleza, autorizou várias intervenções nas ruas do Conjunto Palmeiras, quase 100.000m² de pavimentação, além de outras intervenções como micro drenagem e iluminação, um investimento de mais de R$ 3 milhões de reais. A ação da Prefeitura agradou uma parte daquela comunidade, o Conjunto Palmeiras I, já os moradores do Conjunto Palmeiras II, questionam o motivo das ruas não terem sido incluídas na obra.

Inconformada com a situação a moradora Cristiane de Oliveira, que reside na Rua Maguary, indaga quando a bem feitoria chegará ao bairro “Queremos saber quando será as obras de requalificação no Conjunto Palmeiras II? Todos nós votamos, temos direitos, não existe só o Conjunto Palmeiras I”, reclama.

Falta de saneamento básico, lixo, alta criminalidade, ruas sem sinalização é uma situação comum no Conjunto Palmeiras II. Segundo o Índice de Desenvolvimento Educacional de Fortaleza por Bairros (IDE), baseado no Censo Demográfico de 2010, o Conjunto Palmeiras é o bairro com maior percentual (72,49%) da população em idade ativa analfabeta ou com Ensino Fundamental Incompleto.

Em resposta, a Regional VI informou que a obra de revitalização viária, sinalização e iluminação no bairro Conjunto Palmeiras segue um cronograma de prioridades. Estão sendo requalificadas 26 vias com implantação com mais de 97 mil metros quadrados de asfalto. Com isso as principais vias do bairro terão uma pavimentação adequada, priorizando o fluxo de ônibus e carros na região.

Os moradores do bairro podem solicitar melhorias viárias para a Ouvidoria da Regional VI pelo telefone (85) 3488-3124.