A Polícia Civil desarticulou um laboratório para a clonagem de veículos de uma quadrilha do Ceará, localizado em um sítio no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A operação, realizada na última sexta-feira, 2, pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) prendeu o caseiro do local.

A investigação da DRFVC dá continuidade a uma ação do 30º Distrito Policial, que resultou na prisão de sete pessoas com armas de grosso calibre. O grupo estava se articulando para resgatar Francisco Rafael Alves da Silva, conhecido por Rafael “Xilito”, detento de uma das Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPL).

 O homem preso no sítio desarticulado pela Polícia Civil, no bairro Coité, no Eusébio, foi identificado como Francisco Clemilton da Rocha Bernardino, 25 anos, sem antecedentes, e confessou aos policiais que trabalhava como vigia da propriedade. Ele faz parte da quadrilha chefiada por Rafael “Xilito” de dentro da prisão, segundo o titular da DRFVC, Rafael Cavalcante.

O delegado afirma que a quadrilha levava os carros adulterados para outros Estados e também para outros países, como o Paraguai, onde era feito o escambo de mercadorias. “Ou seja, os carros eram trocados por drogas ou armas”, disse o titular da DRFVC.

No sítio, a Polícia apreendeu quatro veículos que possuíam registro de roubo, documentos falsos e grande quantidade de material utilizado, na prática criminosa. Clemilton foi conduzido para a DRFVC, onde foi autuado em flagrante pelo crime de receptação e adulteração de veículo.