Foto: Divulgação
O artista visual Juca Máximo foi finalista na edição do evento “The Global Art Awards”, na edição 2020, que aconteceu em Xangai, na China. Com a obra “Absence III”, o cearense disputou o prêmio da categoria com artistas de diversos países, como Romênia, Austrália, Polônia, Espanha e Filipinas. Em “Absence III”, Juca apresenta Retratos que expressam grandes ausências que passam em nossas vidas, como a ausência de um amor, amor para as pessoas, amor por si mesmo, como a ausência da liberdade de ser quem somos, pensar e agir, pela ausência da liberdade de sermos nós mesmos.
 
O “The Global Art Awards”, em sua terceira edição, premia as artes visuais. O evento foi criado para homenagear e gerar reconhecimento público das realizações e contribuições positivas de artistas, galerias e profissionais de arte em todo o mundo. Com a iniciativa, oferece aos vencedores o reconhecimento, impulsionando suas carreiras e o título de “Best Global Artist” do ano.
 
Juca Máximo é reconhecido em mais de 20 países. Seu trabalho consiste em técnicas variadas: pintura a óleo, pintura acrílica, gravuras, nanquim, canetas, arte digital, escultura em clay, resina e escultura digital. Juca vem ganhando bastante notoriedade no mundo artístico, principalmente no exterior, fazendo exposições em galerias importantes em 4 continentes. Sendo publicado em grandes portais, revistas e ganhando prêmios em mostras internacionais de arte visuais, design, ilustração, escultura e desenho.