bartenders
Foto: Divulgação

O programa Learning for Life, do Instituto Diageo, está com inscrições abertas para a segunda edição online de seu curso de bartender, voltado para maiores de 18 anos, em situação de vulnerabilidade. Os interessados devem preencher o formulário (http://bit.ly/3iwDFH7) que está no Instagram do programa (@learningforlife_br) até 24 de agosto. Os selecionados serão contatados para uma entrevista por telefone e uma atividade que comprove o interesse do candidato para a carreira de bartender. O projeto pretende  capacitar 100 pessoas nessa turma do segundo semestre de 2020. A capacitação é gratuita e aberta para pessoas de todo o país.

“Os participantes do Learning for Life, projeto que tem a duração de dois meses, terão aulas online para que possam atuar em bares, restaurantes, eventos e até mesmo empreender”, afirma o gerente executivo do Instituto Diageo, Paulo Mindlin. “A capacitação é muito importante para esse período e o formato online permite atingir ainda mais pessoas do que o modelo presencial, que será feito em uma segunda fase. O módulo online do projeto ainda nos permite garantir a saúde e segurança de todos os envolvidos no projeto – educadores, instrutores e alunos nesse momento de pandemia”.

A iniciativa é voltada para pessoas que estão cursando ou que possuem ensino médio concluído, com renda familiar de até quatro salários mínimos. Além das disciplinas fundamentais para a certificação, os alunos do curso terão sessões complementares com profissionais do mercado sobre as diferentes possibilidades de carreira que um bartender pode seguir, inovações do setor e conversas com profissionais que abordam a importância da saúde emocional e organizacional.

O projeto é promovido pelo Instituto Diageo – entidade sem fins lucrativos realizadora de projetos sociais da Diageo, líder mundial em bebidas alcoólicas premium e proprietária de marcas como Ypióca, Johnnie Walker, Smirnoff e Tanqueray. Realizado com apoio da consultoria MSX International e em parceria com instituições de ensino, órgãos públicos e instituições de treinamento, o programa é desenvolvido no Brasil desde 2000 e já formou mais de 21 mil pessoas de todo o país.

Luiz Fernando Martins, 20, hoje bartender do restaurante Zé Restô Bar, em Fortaleza (CE), conta que a formação que teve no segundo semestre do ano passado o preparou para começar a carreira como um profissional diferenciado. “Ajuda você a se tornar um excelente profissional e também uma excelente pessoa, faz com que você tenha novos hábitos e explore conhecimentos também tanto na área como fora, pois bartender não é só ficar atrás do balcão e sim ir além disso! Pra mim foi importante demais”.

Ana Karoline Moura, 23, fez a capacitação no primeiro semestre do ano passado e hoje é bartender e atendente do St. Patrick’s Gastrobar, em Caucaia (CE). “Mudou realmente a minha vida. Hoje, se eu faço um atendimento legal e consigo fazer um drink é graças ao curso”.