(Foto: Antônio Carlos da Silva dos Santos/Arquivo Pessoal)

Mais um acidente envolvendo um telefone celular foi registrado nos últimos dias. Um enfermeiro de Araçatuba (SP) sofreu queimaduras de primeiro grau na perna depois que um celular explodiu dentro do bolso da calça que vestia.

De acordo com Antônio Carlos da Silva dos Santos, o acidente aconteceu depois que ele retirou o aparelho da tomada, colocou no bolso da calça e foi escovar os dentes, na semana passada.

“Quando coloquei a escova de dentes na boca, percebi que estourou alguma coisa, mas a princípio não me dei conta que era o celular”, afirmou o enfermeiro, em entrevista ao Portal G1 nesta segunda-feira (2).

Apesar do acidente, o enfermeiro afirmou que não entrou em contato com a empresa para ser ressarcido e nem fez boletim de ocorrência.

“Comigo não foi nada muito grave, mas isso pode acontecer com qualquer um em um piscar de olhos. O que eu quero é que as pessoas tenham ciências da gravidade que um acidente com celular pode provocar”, diz.

Em nota, a Lenovo disse que entrou em contato com Antônio para prestar auxílio e solicitou o smartphone para análise. No entanto, o consumidor se desfez do aparelho, tornando-se impossível realizar os testes para investigação do caso.

G1