saneamento básico
Foto: BI

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) garantiu um total de R$ 34,4 milhões para obras de saneamento básico para os estados do Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. Os valores são destinados para empreendimentos de água, esgotamento sanitário e manejo de águas pluviais.

“Toda semana temos disponibilizado recursos para que obras por todo o Brasil possam ter garantia de continuidade. Nosso compromisso, sob orientação do presidente Bolsonaro, é de priorizar investimentos para a conclusão dessas iniciativas. Só este ano, entre repasses do Orçamento Geral da União e financiamentos, são R$ 719 milhões aplicados no setor de saneamento básico. Esse aporte também contribui para a geração e manutenção de milhares de empregos”, detalha o ministro Rogério Marinho.

A responsabilidade pelas intervenções é dos estados e municípios e os pagamentos são feitos de acordo com a execução dos serviços. Em Natal (RN), por exemplo, as obras de saneamento integrado nos bairros Nossa Senhora da Apresentação e Lagoa Azul receberam aporte de R$ 21,2 milhões do ministério. Os investimentos do Governo Federal no empreendimento alcançam R$ 90,9 milhões – mais de R$ 48 milhões pagos desde o ano passado. Os valores destinados a outros nove estados foram divididos em repasses de R$ 10,1 milhões e R$ 3 milhões.

Novas casas para a população

Mais de mil famílias de baixa renda no Piauí, Rio de Janeiro e Paraná concretizaram o sonho da casa própria nesta semana. O ministério autorizou a entrega de 1.099 unidades habitacionais nesses estados. Cerca de 4,5 mil pessoas serão beneficiadas. Os investimentos do Governo Federal nos residenciais somaram mais de R$ 70 milhões.