Como parte das atividades da Semana Nacional do Trânsito, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) entrega nesta quinta-feira (23/09) duas importantes ações na Av. Lineu Machado, no bairro Demócrito Rocha. Será implantada na via a segunda maior faixa de pedestres de Fortaleza e haverá ainda uma série de intervenções para garantir uma travessia mais segura para mulheres.

O “Cidade para Mulheres” é um projeto-piloto que vai dar mais visibilidade a diversos pontos da Av. Lineu Machado, como paradas de ônibus e espaços sem uso, por meio do urbanismo tático, requalificação de passeios, melhoria de iluminação e arte urbana. O conjunto de medidas, que tem como objetivo incentivar o combate à violência contra a mulher, é adotado a partir da identificação de áreas apontadas inseguras em levantamento colaborativo feito com a população feminina a partir da plataforma Google Maps.

Dois espaços da via, com área total de 578 m², vão receber ainda o projeto Praças Vivas. Serão executadas diversas intervenções, como pinturas lúdicas e limpeza. A medida visa contribuir para a ocupação democrática de espaços ociosos da malha viária.

Segunda maior faixa de pedestres

A Av. Lineu Machado também será contemplada com a segunda maior faixa de pedestres de Fortaleza. O projeto será implantado no cruzamento com a Av. Carneiro de Mendonça e contará com duas faixas de 18 metros de extensão. A ideia é proporcionar uma maior área de visibilidade e travessia de pedestres que desejam acessar o Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns Neumann (Hospital da Mulher). No entorno, existem duas ilhas de apoio à travessia que também receberão intervenção com urbanismo tático, pinturas lúdicas e mobiliário urbano.

Cerca de 23.371 veículos trafegam em média todos os dias pela Av. Lineu Machado e 25.842 pela Av. Carneiro de Mendonça.

A maior faixa de pedestres da cidade tem 40 metros de extensão e fica na Av. Tristão Gonçalves com a Rua Liberato Barroso. Para implementar este tipo de equipamento, técnicos do Programa de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt) da AMC analisam áreas que são chamadas polos geradores de viagens. Elas possuem uma maior circulação de pedestres em virtude de empreendimentos implantados nas proximidades e são as mais propícias a receberem esse tipo de intervenção.