WhatsApp-Image-2017-01-26-at-22.06.15 Cotidiano
Foto: WhatsApp O Lagoa

Quem achava que os problemas da Avenida Odilon Guimarães tinham terminado, enganou-se. Os moradores do bairro Lagoa Redonda, em Fortaleza, reclamam que após oito meses da entregue a via começou a apresentar problemas.

Segundo o morador Glauber Cardoso, a obra foi bem feita, mas uma carreta passou pelo local e devido ao peso quebrou a tampa do sistema de drenagem e o asfalto acabou cedendo. “O asfalto está bom, mas estão colocando lixo no buraco, senão resolverem o quanto antes o problema desse buraco, os alagamentos vão voltar futuramente”, comenta o morador.

    A obra teve um investimento de R$ 1,3 milhão, a avenida Odilon Guimarães e a Rua Engenheiro Cleber Diniz até a Lagoa do Gravito  receberam serviços de drenagem com construção de bocas de lobo, nova iluminação, sinalização, mas nada disso foi suficiente para aguentar o grande trânsito na região, onde liga os bairros Lagoa Redonda a Messejana.

Alguns populares questionaram o valor da obra e relatam o caso na redes sociais “Aberto hoje (último dia 24 de janeiro), na Prefeitura protocolo para resolver o problema do asfalto sorrizal, uma obra caríssima e já tem crateras. Deve se abrir processo admistrativo para fiscalizar que material foi utilizado nessa obra” relata uma moradora.

Segundo a Regional VI, nesta sexta-feira (27), será implantada uma nova tampa no poço de visita da avenida Odilon Guimarães. É importante lembrar que em casos como este, a população deve entrar em contato com a ouvidoria da Regional do seu bairro.