Transito01-Daniel-Castellano-kFGI-U10842583761caB-1024x683@GP-Web Cotidiano
Foto: Daniel Castellano

Os motoristas que possuem automóveis próprios devem ficar atentos às mudanças na cobrança do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). No Ceará, a partir de janeiro de 2017, as alíquotas serão reajustadas para veículos de potência superior a 100 cavalos e motos acima de 125 cilindradas. A decisão foi do Governo do Estado, aprovada na Assembleia Legislativa.

De acordo com a Secretaria da Fazenda (Sefaz), porém, o aumento da alíquota não significa consequentemente uma alta no total do imposto. A desvalorização do veículo também faz parte do cálculo do IPVA pago pelos cearenses, compensando o aumento da taxa. A tabela Fipe, que declara os preços da valorização ou desvalorização, será divulgada no dia 10 de dezembro.

Taxas
A alíquota se refere à porcentagem que determina o preço final do IPVA, sendo cobrada sobre o valor do veículo. Até este ano, automóveis com potência superior a 100 CV tinham alíquota linear de 2,5%. Em 2017, terão o percentual elevado de forma proporcional aos “cavalos”, ficando em 3% para aqueles entre 100 CV e 180 CV e 3,5% para os que ultrapassarem esse intervalo. Os que têm potência até 100 CV continuam pagando 2,5%.

Já para as motos, a porcentagem atual é de 2% e aumentará para 3% sobre veículos acima de 125 e até 300 cilindradas. Donos de motocicletas com mais de 300 cc pagarão 3,5%.

O secretário da Fazenda do Ceará, Mauro Filho, justifica que o aumento tem o objetivo de “ajudar a estrutura de arrecadação do Estado, porque a despesa com saúde, educação, segurança e água cresceu demais”.

 

Fonte: Verdinha