Uma portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira, (16), disponibilizou R$ 79,5 milhões para 48 hospitais universitários federais em 23 estados. Deste montante, R$ 4.130.047,00 são destinados ao Complexo Hospitalar da UFC/Ebserh, sendo R$ 2.309.177,00 para a Maternidade-Escola Assis Chateaubriand e R$ 1.820.870,00 para o Hospital Universitário Walter Cantídio.

Financiado pelo próprio Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério da Saúde (MS), o Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) é gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao MEC. “Os recursos liberados por meio dessa portaria são destinados para o custeio das atividades diárias dos hospitais, garantindo a manutenção da qualidade nos serviços prestados para os usuários SUS”, explicou o superintendente do Complexo, Prof. Luciano Moreira.

Em 2019, cerca de R$ 305 milhões já foram repassados aos hospitais por meio do Rehuf. “Estes recursos são importantes pois buscam atender o pleno funcionamento dos hospitais universitários federais para sua reestruturação física e aperfeiçoar o que já vem sendo feito na parte de assistência, ensino e pesquisa. Desta forma, a Ebserh reforça seu compromisso de melhorar os serviços oferecidos à população”, destacou o presidente da Rede Ebserh, Oswaldo Ferreira.

Os recursos financeiros correspondentes serão liberados mediante a comprovação da liquidação dos empenhos emitidos à conta dos créditos descentralizados, de forma a não comprometer o fluxo de caixa do Fundo Nacional de Saúde.