Foto: Divulgação

O tráfego na conexão do Anel Viário de Fortaleza (BR-020) com a CE-065 (Maranguape) começou a passar por mudanças temporárias para viabilizar a implantação do viaduto no local. O trecho da rotatória hoje existente sofrerá desvio, realizado em duas etapas, para garantir a segurança das operações.

Nesta primeira etapa, o fluxo na rodovia estadual que liga Fortaleza e Maranguape será desviado pelas alças (pistas de acesso) da rodovia, por onde o motorista entra na pista principal do Anel Viário e faz um retorno para acessar novamente a CE-065 (veja o mapa). A exceção, nesta fase, será para os caminhões, que, por enquanto, seguem o trajeto já habitual.

Na segunda fase, estimada para entrar em operação cerca de duas semanas depois, além do primeiro desvio, entrará em operação um bloqueio no acesso à rotatória para quem vem pelo Anel Viário. Desta forma, o fluxo ficará todo desviado para as alças da rodovia, que funcionará como uma grande rotatória.

“A gente vem conversando muito com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), com a superintendente no Ceará, Líris Carneiro, demonstrando a necessidade desse desvio para que as máquinas possam atuar de forma intensa e segura no local. Somente com isso poderemos dar agilidade à obra e mirar a conclusão dela”, afirma Quintino Vieira, superintendente da SOP.

MAPA-DESVIO-CE-065-Anel-Vi%C3%A1rio-completo Ceará