De acordo com o Sistema de Informação de Mercado Agrícola da Ceasa-CE (Sima), o entreposto da Ceasa em Tianguá registrou oscilação no preço de alguns produtos entre o período de 12 de outubro a 16 de novembro de 2021.

O maior declínio no setor das hortaliças foi no preço do quiabo (-14,16%), custava R$ 2,33 e passou para R$ 2,00/kg. A vagem caiu (-12,50%), saiu de R$ 4,00 para R$ 3,50/kg e o chuchu teve declínio de (-12,50%), passou de R$ 1,60 para R$ 1,40/kg.

Preço elevado para o pimentão (+28,42%): saiu de R$ 2,92 para R$ 3,75/kg e a pimenta de cheiro (+20,0%), está custando R$ 6,00/kg.

Na categoria das frutas, preço convidativo para a manga tommy (-12,50%), que está custando R$ 1,40/kg, o mamão formosa (-10,24%), que saiu de R$ 1,27 para R$ 1,14/kg e a melancia (-8,33%), que passou de R$ 1,20 para R$ 1,10/kg.

O maracujá aumentou (+14,03%): saiu de R$ 2,78 para R$ 3,17/kg. Já a pêra importada (+12,49%), passou de R$ 8,89 para R$ 10,00/kg.