No entreposto da Ceasa em Tianguá, o preço do pepino de primeira sofreu queda de -37,50% no comparativo semanal entre o período de 09 a 12 de fevereiro, sendo vendido a R$ 0,80/kg. Também apresentaram queda: o tomate longa vida de primeira (-33,33%), vendido a R$ 1,20/kg; o tomate cajá de primeira (-27,27%), saindo a R$ 1,60/kg; o maxixe (-25,09%); e o brócolis (-16,67%), encontrado a R$ 2,50/kg.

Já as hortaliças que registraram aumento no mesmo período foram a cenoura extra (+20%), vendida a R$ 3,00/kg, abóbora caboclo e jacarezinho (+13, 64%), encontradas ao preço de R$ 2,50/kg e a beterraba extra (+10%), custando R$ 3,00/kg.

As frutas que registraram maiores quedas em seus preços no período de 09 a 12 de fevereiro foram a maçã nacional (-26,87%), vendida a R$ 5,28/kg, o abacate médio (-14,29%), com preço de R$ 1,20/kg, o abacaxi (-12,50%), encontrado a R$ 3,50 a unidade e o abacate Betânia (-9,09%) saindo a R$ 2,00/kg.

Preços em alta no setor de frutas para o maracujá (+19,78%), saindo a R$ 3,33/kg, a uva importada (+14,50%), vendida a R$ 14,50/kg e as uvas Rubi e Itália (4%), custando R$ 6,50/kg.