Foto: Divulgação

O governador Camilo Santana anunciou, na manhã desta segunda-feira (9), que alunos da rede estadual de ensino público – Fundamental, Médio e Superior – serão contemplados com chips de dados de internet móvel. Ao todo, o Governo do Ceará beneficiará aproximadamente 347 mil estudantes mensalmente com um pacote de 20GB. O investimento do Tesouro Estadual será de R$ 29.415.157,20 nos primeiros seis meses.

O objetivo do Governo do Ceará é garantir, nesse momento inicial, que os estudantes tenham acesso à internet diante do cenário de pandemia e de aulas remotas. “A gente está criando um programa para que nossos alunos de escolas pública do Estado e de baixa renda das universidades possam ter acesso à conectividade com um chip 3G/4G, com pacote de internet de 20GB, para garantir o conhecimento e a informação”, destacou Camilo Santana. O governador comunicou que neste primeiro momento a iniciativa será por seis meses, mas que será transformada em uma política pública permanente.

O novo benefício vai atender a 338 mil estudantes do 6º ao 9º do Ensino Fundamental e 1ª ao 3ª do Ensino Médio das escolas públicas do Estado, somados a 8.959 alunos de baixa renda que cursam o Ensino Superior nas universidades Estadual do Ceará (Uece), Regional do Cariri (Urca) e Estadual Vale do Acaraú (UVA), além do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) e das Faculdades de Tecnologia Centec (Fatec). A ação é coordenada pela Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice) e secretarias da Educação (Seduc) e Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece).

Para o chefe do Executivo estadual, essa é uma forma de garantir uma estrutura para que os estudantes tenham acesso ao conteúdo. “Isso significa oportunidade para os nossos jovens aprender mais, estudar mais e cada vez mais a gente ter orgulho. A única forma de reduzir as desigualdades é dar educação pública de qualidade. Acreditamos no poder da educação na transformação das pessoas”, disse Camilo.