Foto: Divulgação

Um homem identificado foi preso, na última segunda-feira (11), em uma operação realizada por policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) em Aquiraz. O homem é suspeito de integrar um grupo criminoso responsável por ações ilícitas em Fortaleza e na Região Metropolitana. A captura aconteceu após troca de tiro entre suspeitos e PMs. O caso foi registrado na Delegacia Metropolitana de Eusébio da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).

As equipes do Bope estavam em operação na região do bairro Novo Iguape, pois havia informações sobre a atuação de criminosos na área. Os policiais militares trafegavam pela Rua Possidônio Soares, quando avistaram indivíduos em atitude suspeita. Ao perceberem a aproximação das equipes, os homens efetuaram disparos de arma de fogo contra as composições. Os militares revidaram, e dois dos infratores foram atingidos, enquanto um terceiro correu.

Outros dois homens chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. Os dois estavam entre os suspeitos de envolvimento em crimes como homicídios, entre eles a morte de um sargento da Polícia Militar do Ceará (PMCE), ocorrida no mês passado, em Fortaleza, conforme investigação em andamento conduzida pela 11ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Com a dupla, foram apreendidos dois revólveres calibre 38.

Dando continuidade à ação, os policiais seguiram até imóveis da região onde encontraram o terceiro suspeito. Fabrício Costa, que tem antecedentes por roubo, foi capturado em uma casa abandonada, portando 15 munições de calibre 12, uma munição de calibre 44, 38 munições de calibre .40, três munições de calibre 38, sendo uma deflagrada e duas intactas. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para a Delegacia Metropolitana de Eusébio, onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e por associação criminosa.

O caso foi transferido para a Delegacia Metropolitana de Aquiraz, que dará continuidade às investigações para apurar a participação de outros indivíduos na prática criminosa.