IMG_1883 Anúncios
Foto: Reprodução

O Coletivo Alumiar e a Revista Berro, com apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), realizarão a Fresta Literária 2017 – A Palavra e a Cidade. O evento acontecerá neste fim de semana (dias 22 e 23 de julho) na Praça dos Leões, no Centro, mais especificamente no salão do Lion’s Bar.

A Fresta contará com poesias, saraus, exposições de livros e outros trabalhos relacionados à literatura, com um olhar mais voltado às produções independentes de artistas autônomos e de coletivos. No sábado (22), o foco do evento será a poesia; já no domingo (23), será mostrada a ligação entre cidade e boemia. A programação é gratuita e tem como temática geral a diversidade das produções literárias e os diálogos que ela pode possibilitar com os espaços da cidade.

Confira a agenda completa dos dois dias de evento:

Sábado (22/07)

14h: A Poesia que Persiste no Escuro – Renato Pessoa, Nina Rizzi e Jardson Remido.

15h: O cronista e o labor cotidiano de inventar frestas – Iana Soares, Dimitri Tulio e José Anderson Freire Sandes.

16h: Intervenção: Poesia.CE

16h20: Leitoras Públicas: Diversas vozes para diversas literaturas – Talles Azigon, Sara Síntique, Tetê Macambira, Nina Rizzi e Ayla Andrade

17h50: Nóis de Teatro

18h30: Roda de Poesia com Pedro Bomba

18h50: Mate-me logo, à tarde, às seis… – Ricardo Kelmer e Alan Mendonça

20h: Música – Uirá dos Reis

21h: Música – Sapoti Soundz

Domingo (23/07)

14h: Do Estoril ao Cais Bar; O andar do bêbado – Romeu Duarte

14h30: Cartografia Amorosa de Fortaleza – Júlio Lira e Fernanda Meireles

15h20: Sarau Poético com o grupo Corpo sem Órgãos

16h: Mário Gomes e seu teto de estrelas – Ethel de Paula

16h30: Poetas pelas ruas do Centro: Mário Gomes, Érickson Luna e Miró da Muribeca – Experiências urbanas e poesia em Fortaleza e Recife – André Telles do Rosário

17h: Crônicas Absurdas das Cidades –  Raymundo Netto e Mailson Furtado

17h50: Entre chamas e espinhos: distopias e perspectivas nas cidades – Dilson Lages e Airton Uchoa Neto

19h: Paulo Branco