Hospital Al-Shifa: O exército israelense invade o complexo em Gaza e prende 80 pessoas, incluindo “ativistas”.

fonte da imagem, Boas fotos

Os militares israelenses disseram que suas forças invadiram o complexo hospitalar de Shifa, em Gaza, que, segundo autoridades de saúde palestinas, causou a morte de várias vítimas e provocou um forte incêndio em um dos edifícios. O exército israelense anunciou que havia capturado completamente o hospital. O Exército anunciou mais tarde que um soldado havia sido morto durante a operação.

Os militares acrescentaram que os soldados estavam realizando uma “operação de precisão” e foram alvejados quando entraram no complexo, informou a Reuters.

O comunicado dizia: “Os soldados responderam com munição real e identificaram as vítimas. Eles continuam trabalhando na área hospitalar”.

“O Assassinato de Faiq al-Mabou”

Os militares israelitas anunciaram que Faiq al-Mabouh, descrito como o “chefe da direcção de operações do Serviço de Segurança Interna” do movimento Hamas, foi morto no hospital al-Shifa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *